sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Visita à gráfica







No âmbito do Mestrado de Ensino das Artes Visuais, realizamos uma visita à gráfica do Professor Jorge Carvalho, da disciplina de Didáctica do Design. Aqui, ficamos a conhecer as várias ferramentas e utilidades da serigrafia e cada um imprimiu um acessório com a sua imagem, a qual determinava a identidade visual, individual. O processo da serigrafia é caracterizado por um dos processos da gravura, neste grava-se a imagem na tela através de uma emulsão fotossensível.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Sessão de livros de artista em Évora




No dia 18 de Dezembro realizei um workshop de livros de artista, neste foi pedido aos participantes que trouxessem um objecto ou uma imagem com a qual tinham uma ligação. Inicialmente mostrei exemplos variados de livros únicos e múltiplos e expliquei através da visualização em PowerPoint, o panorama desta manifestação artística, tão importante nos dias que correm. Após esta abordagem fizemos uma matriz morfológica,onde imaginámos possíveis conteúdos, formas, materiais, texto e imagens e debatemos em conjunto como seriam os resultados. De seguida realizámos pop-ups, harmônios, fólios e um caderno com encadernação japonesa, trabalhos que poderiam despoletar a prática do livro de artista. Nas páginas dos cadernos foi sugerido que estabelecessem uma narrativa visual com o objecto ou imagem de cada um. No final cada formando apresentou o seu caderno, um flip book de um pez, um estudo para uma futura escultura em madeira, as páginas de um ipod e a história de um boneco.

Sessão de diários gráficos em Évora







O workshop do dia 17 de Dezembro teve como principal objectivo dar a conhecer as potencialidades do diário gráfico, como um caderno de experimentação de técnicas e temáticas. Aqui realçamos o facto de ser um suporte pessoal, no qual não nos preocupamos com o resultado final, mas sim com todo o processo. No primeiro momento mostrei exemplos de diários e livros e as mais variadas técnicas, entre estas, as aguarelas, as colagens e os lápis de cor. De seguida metemos as mãos à obra, isto é aos cadernos e realizamos vários exercícios, de olhos fechados, com a mão esquerda, sem levantar a mão, entre outros. Os resultados foram surpreendentes e espero ter deixado uma vontade de desenhar e observar. No final bebemos um chá acompanhado de uns bolinhos o que nos deu inspiração para fazermos um último desenho. Obrigada à associação cultural "é neste país".

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Encadernações




Desde o workshop de encadernação e da aquisição de novos livros que não paramos de fazer cadernos! Tem sido uma aventura, assim podemos fazer os próprios diários gráficos e até guardar memórias esquecidas nas gavetas, em pequenos objetos.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Workshops, diário gráfico e livro de artista


No dia 17, o workshop destina-se a todas as pessoas que tenham interesse em diários gráficos, desenho, registos e escrita e que queiram despertar o gosto pelo mesmo. Desenhar não é um dom ou um talento inato é algo que se desenvolve com a prática.
No dia 18 vamos apresentar conhecimentos teóricos a respeito das possibilidades do livro de artista contemporâneo bem como fornecer um documental elementar para a confecção de cadernos e livros em suportes tradicionais.
Com Inês Almeida
As inscrições são feitas neste país:
Rua da Corredoura, nº8 . Évora
Por telefone: 266 731 500
Por e-mail: nestepais@gmail.com

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

sábado, 10 de dezembro de 2011

Workshop de Ilustração Científica




O workshop de ilustração científica, também incorporado na disciplina de didática, teve início no dia 10 de Novembro e foi orientado pela Helena, pela Sónia e pelo Tiago. Na segunda sessão desencadeou-se a parte prática, onde nos foram fornecidos elementos vegetais, tais como: pedaços de árvores, ramificações, sementes e flores  para desenharmos a grafite. Na terceira sessão trabalhamos a tinta da china com aparadores e canetas, em papel vegetal, através do auxilio de imagens sugeridas pelos mediadores. No final deste workshop aprendemos a pintar a aguarela de forma minuciosa. As imagens que apresento não são da minha autoria, pertencem à Helena e à Sónia, na altura em que frequentavam o Mestrado de Desenho. Coloquei-as aqui, porque fiquei encantada com todo o preciosismo técnico deste tipo de desenho.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Urban Sketchers em Lisboa

Lançamento do livro "Urban Sketchers em Lisboa. Desenhando a cidade" pela editora Quimera - dia 12 de dezembro às 18 horas na Capela da Faculdade de Belas Artes de Lisboa (FBAUL). Uma boa compra para este Natal!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Cianotipias


Não é um processo para produzir negativos, mas cópias em papel. A cópia é obtida por contacto do papel com uma luz rica em UV, podendo ser a própria luz do sol. Nesse caso, a impressão pode demorar de 5 a 30 minutos, dependendo da densidade do negativo e do dia. Após o tempo de exposição, a folha de papel é lavada em água corrente por alguns minutos e, ao secar, a imagem adquire tons azuis.

Pinhole

Pinhole é um processo alternativo que utiliza  equipamentos pouco convencionais. A câmara é construída com materiais muito simples, tais como: uma caixa de sapatos e lata de refrigerante. O nome inglês Pinhole pode ser traduzido como “buraco de agulha” por ser uma câmara fotográfica que não possui lentes, tendo apenas um pequeno furo, feito com uma agulha, que funciona como lente e diafragma no lugar de uma objectiva. Este exercício é bastante interessante para se desenvolver numa escola que tenha um espaço disponível para se adaptar um laboratório fotográfico, até a construção do mesmo pode ser divertido para os alunos. 

sábado, 3 de dezembro de 2011

Oficina de Encadernação




Este sábado realizei uma oficina de encadernação, orientada por Manuel Leitão no Atelier Concorde. É com grande entusiasmo que partilho esta aprendizagem, dado que me deu ferramentas para compreender de que um livro é composto e todo o seu processo de fabrico. Existem muitas técnicas diferentes mas a que aprendemos hoje já fornece um grande espolio a explorar, um universo a descobrir!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Um filme de papel reciclado

A produtora Sardinha em Lata, lança um filme ecológico! Dodu, Papel de Natal, conta a história de um rapaz de papel que viaja por um mundo reciclado. 

Workshop de diários gráficos

Festa dos livros Gulbenkian 2011

De 30 Nov 2011 a 23 Dez 2011
Das 10:00 às 20:00
Loja do Museu Gulbenkian e Livraria da Sede
As publicações da Fundação Gulbenkian voltam a estar em destaque na Festa dos Livros Gulbenkian 2011, entre os dias 30 de Novembro e 23 de Dezembro, na loja do Museu e na livraria da Sede.De terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 20h00,  podem ser encontradas edições da Fundação Gulbenkian a preços especiais.

WORK IN PROGRESS / GARRET 60

Com o espírito de  work in progress irá decorrer, no espaço Garret 60 em pleno coração do Chiado, durante o período de 1 a 24 de Dezembro de 2011, um evento cultural com ateliês abertos, residências artísticas e exposições com ciclos temáticos.O público será convidado a entrar no ambiente dos diversos ateliês, habitados temporariamente por artistas e criativos das mais distintas áreas e origens  – 1ª semana Cinema de Animação / BD – 2ª semana Pintura – 3ª semana Desenho e Design.
Paralelamente à exposição, será ainda criada uma programação de eventos regulares que potenciarão a interacção com o público, que poderá participar em workshops, assistir a performances e projecções de vídeo, entre outras actividades. http://www.wix.com/workinprogress60/wip#!

Livro "Design pelo desenho"

O livro que apresento é da autoria de Philip Cabau e aborda a prática projectual em associação com a prática do desenho. Neste estão presentes enunciados para desenvolvermos com os alunos, onde os objectos são imaginados através do desenho, uma parte integrante do processo criativo. Excelente para professores!

Sessão "Livros Miniatura"


No dia 19 de Novembro estive presente na sessão “livros miniatura” inserida no programa de formação para adultos, entre a Arte e a Educação, que decorreu na fábrica das artes do Centro Cultural de Belém. A formação foi orientada por João Lizardo e foi-nos sugerido que fizéssemos pequenos livros ilustrados, uma atividade que poderíamos desenvolver com os alunos, integrando disciplinas da ordem artística e linguística.